TSH

Também Conhecido como: Tirotropina
Nome formal: Hormona estimuladora da tiróide.
Testes relacionados: T3, T4, Anticorpos anti-tiroideus

Como é utilizado?

Quando é solicitado?

O que significa o resultado?

Há mais alguma coisa que deveria saber?

 

Como é utilizado?

O teste da TSH é, por norma, o teste de escolha na avaliação da função da tiróide e/ou sintomas de hiper ou hipotiroidismo. É frequentemente solicitado juntamente com o teste de T4 ou precedendo este. Outros testes da tiróide que poderão ser pedidos incluem o T3 e o de anticorpos anti-tiroideus (se se suspeita de doença auto-imune da tiróide).

 

O teste de TSH é usado para:

 

·         diagnosticar uma doença da tiróide numa pessoa que apresenta sintomas;

·         fazer o rastreio a recém-nascidos para diagnosticar uma tiróide hipoactiva;

·         monitorizar a terapêutica hormonal de substituição em pessoas com hipotiroidismo;

·         diagnosticar e controlar mulheres com problemas de infertilidade;

·         ajudar a avaliar a função da glândula pituitária;

·         fazer o rastreio  em adultos para doenças da tiróide, apesar de a opinião dos peritos variar em relação a quem pode beneficiar com o rastreio e em que idade deve este ser iniciado.

 

Quando é solicitado?

O médico pode solicitar este teste se o doente mostrar sintomas de um distúrbio de hiper ou hipotiroidismo e/ou quando um paciente tem a glândula da tiróide aumentada. Poderá ser pedido em intervalos regulares para controlar a eficácia do tratamento quando um doente está a ser tratado a um distúrbio da tiróide conhecido.

 

Os sintomas de hipertiroidismo incluem intolerância ao calor, perda de peso, taquicardia, nervosismo, insónias e falta de ar. Os sintomas mais comuns de hipotiroidismo incluem fadiga, fraqueza, aumento de peso, diminuição do batimento cardíaco e intolerância ao frio.

 

O que significa o resultado?

Um resultado de TSH elevado significa normalmente uma glândula da tiróide hipoactiva (hipotiroidismo) que não está a responder adequadamente à estimulação da TSH devido a algum tipo de disfunção aguda ou crónica da tiróide. Em casos raros, um resultado de TSH elevado poderá indicar um problema com a glândula pituitária, como um tumor em que são produzidos níveis de TSH de forma descontrolada. Um valor de TSH elevado pode também ocorrer quando doentes com doenças da tiróide conhecidas (ou naqueles em que foi removida a glândula da tiróide) estão a receber insuficiente medicação com hormona tiroideia.

 

Um resultado de TSH baixo pode indicar uma glândula da tiróide hiperactiva (hipertiroidismo) ou doentes que estão a receber uma quantidade excessiva de medicação com hormona tiroideia nos doentes que têm sido tratados para uma glândula da tiróide hipoactiva (ou que foi removida). Em casos raros, um resultado de TSH baixo poderá dever-se a lesão da glândula pituitária que impede que esta esteja a produzir quantidades adequadas de TSH.

 

Quer seja alta ou baixa, uma TSH anormal indica um excesso ou uma deficiência na quantidade de hormona tiroideia disponível no organismo, mas não indica qual a razão de tal alteração. Um resultado anormal de um teste de TSH é, por norma, seguido pela realização de testes adicionais de forma a investigar a causa do aumento ou da diminuição dos níveis de TSH.

 

A seguinte tabela sumariza os resultados do teste:

 

TSH

T4

T3

Interpretação

Aumentado

Normal

Normal

Hipotiroidismo suave (subclínico)

Aumentado

Diminuído

Diminuído

Hipotiroidismo

Diminuído

Normal

Normal

Hipertiroidismo suave (subclínico)

Diminuído

Aumentado ou normal

Aumentado ou normal

Hipertiroidismo

Diminuído

Diminuído ou normal

Diminuído ou normal

Doença não tiroidal; hipotiroidismo pituitário raro

 

 

 

Há mais alguma coisa que deveria saber?

Vários medicações – incluindo a aspirina e a terapia hormonal de substituição – podem interferir nos resultados dos testes da função da tiróide, pelo que deve informar o seu médico sobre quaisquer medicamentos que esteja a tomar.

 

Quando o seu médico ajusta a sua dose de hormona tiroideia, é importante aguardar pelo menos um a dois meses antes de voltar a verificar os seus níveis de TSH, para que a nova dose possa produzir todo o seu efeito.

 

Situações de stress extremo e de doenças agudas podem também afectar os resultados da TSH, podendo estes apresentarem-se baixos durante o primeiro trimestre da gravidez.


Última data modificada07.10.2010