Desidrogénase Láctica

Também Conhecido como: DHL, DHL Total e isoenzimas DHL; LDH
Nome formal: Desidrogénase Láctica, total e isoenzimas
Testes relacionados: CK, CK–MB, Troponina, Mioglobina

O que vais ser analisado?

A Desidrogénase Láctica é uma enzima que se encontra em quase todos os tecidos do nosso organismo, mas só uma pequena quantidade é detectável no sangue. Presente nas células dos tecidos, a DHL é libertada para a corrente sanguínea quando estas células estão danificadas ou são destruídas. Por isso, a DHL pode ser utilizado como um marcador geral para as lesões celulares embora não identifique as células lesadas.

 

Os aumentos da DHL podem ser medidos quer como DHL Total, quer como isoenzimas da DHL. O valor da DHL Total é uma medida global das cinco isoenzimas da DHL (as isoenzimas são versões moleculares ligeiramente diferentes da enzima DHL). A DHL total reflecte o grau de lesão dos tecidos, mas não é específica. Ou seja, só por si, não pode ser utilizado para identificar a causa ou a localização.

 

Apesar de existir alguma sobreposição, cada isoenzima tende a estar concentrada num tecido específico. Por isso, medir os níveis individuais de cada isoenzima pode ser útil, juntamente com outros testes, para determinar a doença ou situação que causa a lesão celular e para determinar quais os órgãos e tecidos envolvidos. De um modo genérico, a localização das diferentes isoenzimas é a seguinte:

  • DHL-1, coração, glóbulos vermelhos, rins, células germinativas
  • DHL-2, coração, glóbulos vermelhos, rins (menos do que a DHL-1)
  • DHL-3, pulmões e outros tecidos
  • DHL-4, glóbulos brancos, gânglios linfáticos; músculos, fígado (menos do que no DHL-5)
  • DHL-5, fígado, músculo

 

Embora a DHL total represente todas as isoenzimas, a DHL-2 é a que tem a percentagem mais significativa.

 

Como se obtém a amostra para análise?

Uma amostra de sangue é colhida de uma veia do antebraço.

 

E necessário algum teste de preparação para garantir a amostra?

Não é necessário nenhum teste de preparação.

 

 


Última data modificada21.08.2010