T3

Também Conhecido como: T3 total; T3 livre
Nome formal: Triiodotironina
Testes relacionados: TSH, T4, Anticorpos anti-tiroideus



Como é utilizado?

Quando é solicitado?

O que significa o resultado?

Há mais alguma coisa que deveria saber?

 

 

Como é utilizado?

O teste T3 é pedido para avaliar a função tiroideia. É solicitado maioritariamente como ajuda no diagnóstico de hipertiroidismo e poderá também ser pedido para monitorizar o progresso do estado clínico de um doente com uma desordem da tiróide conhecida. O T3 é normalmente pedido após o doente ter tido um resultado anormal do teste T4 e do TSH. Poderão ser solicitados tanto o T3 total como o T3 livre. Uma vez que, a maior parte da T3 encontra-se ligada a proteínas, o T3 total poderá ser afectado pelos níveis de proteína e pela capacidade de ligação desta, não sendo, no entanto, os resultados do T3 livre afectados. O T3 poderá ser pedido juntamente com os anticorpos antitiroideus como ajuda no diagnóstico da doença de Graves, doença autoimune que é a causa mais comum de hipertiroidismo.   

 

Quando é solicitado?

O teste T3 total ou T3 livre pode ser pedido quando um doente teve um resultado anormal para o teste TSH e/ou T4. Poderá também ser solicitado sempre que um doente possui sintomas sugestivos de hipertiroidismo. Um dos testes T3 pode, por vezes, ser pedido regularmente por forma a monitorizar uma condição tiroideia conhecida e para monitorizar a eficácia do tratamento ao hipertiroidismo. 

 

O que significa o resultado?

Resultados anormais (consideravelmente altos ou baixos) do T3 indicam a existência de um desequilíbrio entre as necessidades do organismo e o seu fornecimento, porém não indicam especificamente a causa deste excesso ou deficiência. A seguinte tabela sumariza os resultados dos testes e o seu possível significado.

 

 

TSH

T4

T3

Interpretação

Aumentado

Normal

Normal

Hipotiroidismo ligeiro (subclínico).

Aumentado

Diminuído

Diminuído ou normal

Hipotiroidismo.

Diminuído

Normal

Normal

Hipertiroidismo ligeiro (subclínico).

Diminuído

Aumentado ou normal

Aumentado ou normal

Hipertiroidismo.

 

Diminuído

 

Diminuído ou normal

 

Diminuído ou normal

Doença não relacionada com a tiroide; hipotiroidismo (secundário) pituitário raro.

Se um doente com hipertiroidismo tem sido tratado com medicação anti-tiroideia e os resultados do T3 (ou mais frequentemente, do T4 e TSH) estão normais, então é possível que a medicação esteja a controlar esta condição. Por outro lado, se o T3 (ou T4) está elevado, então, a medicação não está a ser suficiente para controlar a condição e o doente poderá ter sintomas relacionados com hipertiroidismo.   

 

Há mais alguma coisa que deveria saber?

Várias medicações – incluindo estrogénios, certas pílulas contraceptivas e doses elevadas de aspirina – podem afectar os resultados do T3 total e, por conseguinte, por norma, o T3 não é usado como teste de rotina em doentes hospitalizados.

Quando um indivíduo está doente, o seu organismo diminui a produção de T3 (produzida a partir da T4). Com efeito, a maioria dos doentes hospitalizados possui níveis reduzidos de T3 ou de T3 livre. Por esta razão, geralmente não é solicitado o T3 como teste de rotina para estes casos.




Última data modificada24.04.2014

Nós aderimos aos princípios da charte HONcode da Fondation HON Nós aderimos aos princípios da carta HONcode.
Verifique aqui.