PCR-as

Também Conhecido como: PCR-as
Nome formal: Proteína C Reactiva de alta sensibilidade
Testes relacionados: Perfil Lipídico, Avaliação de risco cardíaco, Colesterol, Triglicerídeos, HDL, CRP



1. A PCR-as é específica para prever doenças cardíacas?

2. Fiz análises ao colesterol, mas nunca à PCR-as. Porquê?

3. Qual a diferença entre PCR e PCR-as?

 

 

1. A PCR-as é específica para prever doenças cardíacas?

Uma vez que a PCR é uma marcador de inflamação, o seu aumento pode reflectir um nível baixo de inflamação, que se pode manifestar no futuro de diferentes formas. A maioria dos estudos realizados até à data centraram-se nas doenças cardíacas, mas novas investigações mostram que ter valores de PCR no limite superior da normalidade pode também estar associado a outras doenças como o cancro do cólon, complicações de diabetes e obesidade.

[Voltar ao topo]

 

 

2. Fiz análises ao colesterol, mas nunca à PCR-as. Porquê?

Embora o teste tradicional para a PCR esteja disponível há muitos anos, a determinação da PCR-as é relativamente nova, e os peritos ainda não chegaram a acordo sobre com que frequência e como deve ser solicitada.

 

 

3. Qual a diferença entre PCR e PCR-as?

Ambos medem a mesma molécula no sangue. A PCR-as destina-se a pessoas aparentemente saudáveis, para determinar o seu risco de doença cardiovascular. Mede a PCR no intervalo entre 0.5 e 10 mg/L. A análise à PCR é solicitada a doentes em risco de infecção bacteriana ou vírica (como por exemplo depois de uma cirurgia) ou a doentes com doenças inflamatórias crónicas (como artrite reumatóide). Mede a PCR na ordem dos 10 aos 1000 mg/L.

 

 




Última data modificada14.01.2010

Nós aderimos aos princípios da charte HONcode da Fondation HON Nós aderimos aos princípios da carta HONcode.
Verifique aqui.